domingo, 26 de julho de 2015

terça-feira, 21 de julho de 2015

The robot boy.

"You say you're not gonna fight
'cause no one would fight for you
And you think there's not enough love
And no one to give it to
And you're sure you've hurt for so long
You've got nothing left to lose
So you say you're not gonna fight
'cause no one would fight for you

You say the weight of the world
Has kept you from letting go
And you think compassion's a flaw
And you'll never let it show
And you're sure you hurt in a way
That no one will ever know
But someday the weight of the world
Will give you the strength to go."

Cya.

terça-feira, 7 de julho de 2015

No que eu acredito.

Uns chamam de fé, outros chamam de força de vontade. Uns acreditam num gordo bonzinho, ou num metaleiro de batina branca, num elefante rosa, num homem com cabeça de águia, num ruivo com um martelo ou até no Monstro do Espaguete Voador. Os nomes e as formas da sua espiritualidade pouco importam. O importante é a essência, é o que você faz e o porquê você faz. Eu acredito em uma "corrente do bem", aquele efeito borboleta que um simples gesto - como um sorriso no trabalho numa segunda feira de manhã - pode causar. Você só recebe o que você planta, e nem sempre você colhe de maneira direta, mas toda semente que você plantar dará frutos. Esse sorriso, pra quem recebe, por exemplo, pode fazer uma grande diferença. Talvez essa pessoa nunca te veja de novo na vida pra retribuir, mas pras próximas que passarem pelo seu caminho, ela vai saber repassar. Esse sorriso vai tomar o lugar daquele mau humor clássico do começo de semana e vai acabar contagiando outra pessoa, e por aí vai, a corrente se eterniza na complexidade por trás de um simples "bom dia!" que é dado com vontade, temperado com esse sorriso sincero. Pode parecer besteira, mas são nessas pequenas atitudes que você estimula boas coisas e evita que as ruins aconteçam, são nessas pequenas atitudes que você muda o mundo. Afinal, toda muralha foi construída a partir de um pequeno tijolo, né? E toda boa ação partiu de um bom exemplo. Seja o que você espera dos outros, faça e semeie o bem, principalmente nos lugares onde ele não se faz presente. Não se escore em seres antropomorfos imaginários como desculpa pra ser o melhor que você possa ser. Faça isso pelos outros, faça isso por você.

Se não fosse confuso, não teria sido escrito por mim. Cya.

Promessas de um futuro bom.

Todo dia nós descobrimos e aprendemos coisas novas, experimentamos situações por pontos de vista diferentes do que estamos habituados, e tudo isso adiciona no que somos. Já dizia o poeta que é digno dos sábios mudar de opinião, então não perca nenhuma chance de mudar, porque mudar é crescer, é ser melhor pros outros, é ser melhor pra você.
"Os dentes cedem porque são rígidos, a língua permanece porque é flexível" - provérbio chinês.

Cya.

quarta-feira, 1 de julho de 2015

O que eu realmente acho?

É sempre fácil bradar palavras de positividade e transformar tudo em motivo de alegria quando as coisas vão bem. Quando tudo vai mal é que se descobre o verdadeiro valor de quem trava as batalhas internas pra manter o otimismo e a fé acesos, que luta pra manter os olhos no foco e os pés virados pro caminho do objetivo.

Pela milésima vez, "seja o melhor que você possa ser". Cya.