sábado, 29 de junho de 2013

Conhecer o que você conhece.

As pessoas são tão acostumadas com a mentira e com a ilusão que não reconhecem uma verdade quando ela aparece. Eu reconheço e, por serem tão poucas, eu agarro e não solto jamais.

"But once I hold on, I won't let go 'til it bleeds."

Cya.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

O fogo nosso de cada dia.

Eu decidi que o que eu iria abordar aqui nesse texto seria uma lição que eu aprendi: as consequências das escolhas que cada um faz na vida, e isso abrange muita coisa. Não é uma lição básica, nem rápida. Não é nada repentino, e sim gradativo. Algo que é sutil e doloroso ao mesmo tempo, como um veneno. E é incrível que nesse caso, o termo "veneno" não é forte, tampouco inapropriado, afinal as pessoas sofrem demais até enxergar que é você mesmo o dono do seu caminho, o dono das suas escolhas e de cada passo que você traça na vida. Não existe um "livro da vida", nem intervenção divina; não existe destino escrito nas estrelas; muito menos um universo paralelo onde tudo já aconteceu e te prendeu á um desfecho inevitável.
Aprendi que existe força de vontade e fé naquilo tudo que você é e naquilo que você acredita, pra tomar cada decisão e seguir cada caminho, caindo e levantando todo dia, mas sabendo que é você o responsável por cada vez que você foi derrubado e ficou no chão, e por cada vez que você levantou a cabeça, se apoiou nos joelhos e disse pra você mesmo que a sua força ninguém tira.

"O destino é como o fogo: ele te esquenta ou te machuca, só depende da maneira com que você lida com ele." - Provérbio chinês.

Sempre confuso, jamais sem sentido... Cya.

"Só passando por aqui."

Eu não queria que completassem 30 dias sem que eu voltasse a escrever qualquer coisa aqui. Nunca me faltou o que escrever, faltou é vontade. Não por preguiça, mas sim porque esse blog lida com vários sentimentos particulares e alheios, tem muita coisa por trás disso tudo que é escrito aqui, e muito mais por trás de cada significado de cada palavra, de cada peculiaridade presa em cada frase.

Cya.